Caminho de Santiago de Compostela, suas rotas e hist√≥ria ūüö∂‚Äć‚ôāÔłŹ

0 1.829

Quando voc√™ ouve falar do Caminho de Santiago de Compostela pela primeira vez, normalmente imagina um √ļnico caminho por onde as pessoas peregrinam. Por√©m, n√£o √© bem assim que acontece. Voc√™ entender√° isso daqui a pouco.

Falando de uma forma bem simples, podemos dizer que o Caminho de Santiago é uma das rotas de peregrinação mais antigas da Europa.

Abaixo contaremos quando come√ßaram as peregrina√ß√Ķes e como surgiu este caminho. Voc√™ tamb√©m entender√°  porque ele √© procurado por centenas de milhares de peregrinos todos os anos.

Se você pretende fazer essa peregrinação um dia, leia este artigo até o fim. Certamente a sua peregrinação terá muito mais sentido se você conhecer a sua história.

Os Caminhos de Santiago de Compostela

Mapa da Espanha com os principais Caminho de Santiago de Compostela
Os Caminhos de Santiago de Compostela na Espanha

Existem v√°rias rotas de peregrina√ß√£o que levam √† Santiago de Compostela, vindas de diversos pontos da Europa. Portanto, apesar de falarmos no singular, o Caminho de Santiago n√£o √© um s√≥ caminho. 

Como se fossem rios de peregrinos, muitos deles ‚Äúdes√°guam‚ÄĚ em outros mais ‚Äúimportantes‚ÄĚ. √Č o caso, por exemplo, do Caminho Aragon√™s, que se une ao Caminho Franc√™s nas proximidades de Puente de la Reina, na Espanha.

Por ser o mais tradicional e conhecido, quando se fala em Caminho de Santiago logo vem à cabeça o Caminho Francês. Esta talvez seja a razão de usarmos o singular quando nos referimos a ele.

Abaixo você verá as rotas mais conhecidas do Caminho de Santiago de Compostela. Cada um tem sua beleza, mas não podemos deixar de contar que o Caminho Francês, por ser o mais procurado, é o que tem mais estrutura de albergues de peregrinos.

As rotas mais conhecidas do Caminhos de Santiago

V√°rios caminhos levam √† cidade de Santiago de Compostela. Cada um deles com sua hist√≥ria e import√Ęncia. De todos, podemos citar alguns mais conhecidos:

Caminho Francês

O Caminho Francês é o mais tradicional e conhecido de todas as rotas. Geralmente fala-se que o início dele fica na cidade francesa de Saint-Jean-Pied-de-Port. Porém, isso não é exatamente verdade.

O Caminho de Santiago pode começar antes ou depois deste ponto. Para entender melhor, sugiro ler o artigo deste blog que fala sobre Onde Começa o Caminho de Santiago.

Por√©m, tendo como base a pequena cidade de Saint-Jean-Pied-de-Port, que fica aos p√©s dos Pirineus, consideramos que a dist√Ęncia at√© Santiago de Compostela √© de 775 quil√īmetros.

Essa √© a dist√Ęncia oficial, por√©m, usando dados de GPS de alguns peregrinos, √© poss√≠vel afirmar que a dist√Ęncia total do Caminho Franc√™s √© de cerca de 815 quil√īmetros. Isso pode mudar de acordo com as rotas alternativas que forem seguidas.

Para percorrer todo o Caminho de Santiago, desde Saint-Jean-Pied-de-Port um peregrino leva, em média, de 32 a 35 dias. Para saber mais, leia o artigo que fala quantos dias leva para fazer o Caminho de Santiago.

A bela Saint-Jean-Pied-de-Port, que muitos consideram o início do Caminho Francês.

Como já foi citado, por ser o mais frequentado é a rota que mais tem estrutura de albergues para peregrinos, pousadas e hotéis.

Para percorrer esta rota é preciso prestar atenção à época em que pretende fazer a sua caminhada.

Os meses entre maio e agosto são os mais procurados, sendo mais difícil encontrar vagas em albergues. Os meses de junho a agosto são os mais quentes, e podemos falar que é muito quente, melhor se puderem ser evitados.

Para saber mais sobre o Caminho Francês e conhecer nossa sugestão de etapas, veja aqui no blog as Etapas do Caminho Francês, onde cada etapa é descrita e, ao final de cada uma, mostramos um mapa e seu perfil de altitude.

Caminho do Norte

Considerando o in√≠cio em Ir√ļn, na Espanha, esta rota tem aproximadamente 885 quil√īmetros.

A cidade de Ir√ļn √© vizinha da cidade da cidade de Hendaye, na Fran√ßa. Por este motivos, muitos come√ßam nesta outra cidade.

Para que voc√™ entenda melhor, as duas cidades s√£o separadas pelo rio Bidasoa, que marca a fronteira entre a Espanha e a Fran√ßa. Podemos considerar que uma √© ‚Äúcontinuidade‚ÄĚ da outra.

Como todos os caminhos, não existe um ponto exato de início, esta é apenas uma referência. Você pode começar antes ou depois deste ponto.

Este caminho segue pelo litoral norte da Espanha, unindo-se ao Caminho Franc√™s em Arz√ļa, a cerca de 40 quil√īmetros de Santiago de Compostela.

Santander é uma das cidades pelas quais passa o Caminho do Norte

Peregrinos que percorreram esta rota relatam que √© muito bonita, principalmente pela vista do mar em v√°rios pontos, al√©m de passar por v√°rias cidades litor√Ęneas.

Porém é bem mais difícil, pois há mais montanhas a transpor. Se é sua primeira vez, talvez não seja a melhor escolha, apesar de sua beleza.

Via de la Plata

Esta rota inicia na Andaluzia, no sul da Espanha. A Via de la Plata tem como principal refer√™ncia de in√≠cio a cidade de Sevilla. Desta cidade s√£o 966 quil√īmetros de peregrina√ß√£o at√© Santiago de Compostela.

Catedral de Salamanca, cidade por onde passa a Via de la Plata.

Também é possível iniciar em Córdoba ou Granada.

Junta-se ao Caminho Francês em Astorga, uma linda cidade espanhola.

Caminho Primitivo

Saindo de Oviedo s√£o 321 quil√īmetros at√© o destino final. Tamb√©m une-se ao Caminho Franc√™s como os anteriores. A uni√£o se d√° na cidade de Melide, muito conhecida pelas pulperias (restaurantes especializados em polvo, prato t√≠pico do local).

Esta rota √© chamada de Caminho Primitivo porque foi a primeira rota de peregrina√ß√£o a Santiago de Compostela. Ela marcou o in√≠cio das peregrina√ß√Ķes.

Foi o rei das Asturias, Afonso II o Casto, quem fez a primeira peregrinação, com intuito de confirmar que os restos mortais recentemente achados eram mesmo de Santiago Maior, o Apóstolo. Leia mais sobre isso neste mesmo artigo, onde contamos a história do Caminho de Santiago.

Apesar da dist√Ęncia menor que outras rotas, este caminho √© conhecido por ser bem mais dif√≠cil. A natureza e sua beleza s√£o um alento para o peregrino, no entanto.

Este caminho √© tamb√©m conhecido por sua riqueza hist√≥rica e pelo patrim√īnio cultural.

Caminho Português

Assim como o Caminho de Santiago não é um só, o Caminho Português é formado por duas rotas. O Caminho Português Central e o Caminho Português do Interior.

O Caminho Portugu√™s Central tem como ‚Äúin√≠cio‚ÄĚ a cidade de Lisboa, a 617 quil√īmetros de Santiago de Compostela.

Peregrino no Caminho Português.

Muitos peregrinos, por√©m, preferem iniciar em Tu√≠, j√° na Espanha, a 118,6 quil√īmetros de Santiago de Compostela. √Č uma das alternativas para quem n√£o tem muito tempo.

Caminho Inglês

Mais uma rota com duas possibilidades: desde Ferrol, com 122 quil√īmetros, ou saindo de A Coru√Īa, com apenas 75 quil√īmetros.

Ponte Maceira, no Caminho de Santiago em A Coru√Īa – Caminho Ingl√™s.

Por√©m, para receber a Compostela (certificado da peregrina√ß√£o) saindo de A Coru√Īa, √© necess√°rio cumprir um dos tr√™s requisitos abaixo:

  • Ter nascido na regi√£o
  • Ter carimbado a credencial do peregrino na igreja de Santiago, em A Coru√Īa
  • Ter iniciado o Caminho de Santiago em qualquer outro pa√≠s do mundo

História do Caminho de Santiago de Compostela

Quem era Santiago, o padroeiro da Espanha

Tiago Maior foi um dos 12 ap√≥stolos de Cristo. Tamb√©m conhecido como filho de Zebedeu, ele foi pregar na Espanha ap√≥s a morte de Jesus.

Vindo da Terra Santa, chegou na região da Galícia, Espanha, no ano de 34 d.C. A lenda diz que ele celebrou a primeira missa em Iria Flavia (município de Padrón), que fica a cerca de 20km de Santiago de Compostela.

Depois de um período na na Península Ibérica, ele retornou à Jerusalém. Mas, devido à perseguição promovida por Herodes, acabou sendo decapitado em Jafa por volta do ano 42 d.C.

O seu corpo e a sua cabe√ßa foram levados para a Espanha pelos seus disc√≠pulos Atan√°sio e Teodoro. Eles transportaram seus restos mortais em uma barca de pedra, que aportou em Iria Flavia.

De Iria Flavia eles levaram Santiago at√© um cemit√©rio no monte Lebred√≥n, onde o enterraram. Este cemit√©rio situava-se onde fica hoje a Catedral De Santiago de Compostela.

A descoberta do T√ļmulo do Ap√≥stolo

Aqui tudo come√ßa. Em meados de 813 d.C., um eremita chamado Pelayo (ou Pel√°gio) viu algo diferente no c√©u e resolveu comunicar imediatamente o fato ao Bispo Teodomiro, de Iria Flavia.

Ele contou que viu uma chuva de estrelas sobre uma urna de m√°rmore no monte Lebred√≥n. O Bispo achou que a hist√≥ria merecia aten√ß√£o e decidiu investigar o acontecimento com mais cuidado. Depois de alguns estudos, esta urna foi identificada como o t√ļmulo de Santiago, o ap√≥stolo de Cristo.

A partir deste momento a notícia começou a espalhar-se e iniciou-se a peregrinação ao local do sepulcro.

Devido √† “chuva de estrelas” que Pelayo viu, esse lugar ficou conhecido como Campus Stellae (“Campo de Estrelas“). Da√≠ veio o o nome Compostela. E tamb√©m foi essa a origem do nome Caminho das Estrelas.

Santiago, o Padroeiro da Espanha

No ano de 844 houve uma apari√ß√£o milagrosa de Santiago, montado em um corcel branco. Isso aconteceu na Batalha de Clavijo. Nessa batalha Ramiro I das Ast√ļrias, com a ajuda de Santiago, teria vencido um grande ex√©rcito mu√ßulmano ap√≥s ter se recusado a pagar tributos que eram devidos apenas pelos crist√£os.

Imagem de Santiago na Catedral de Santiago
Imagem de Santiago na Catedral de Santiago

A partir deste momento, o santo ficou conhecido na Espanha como Santiago Matamoros (Mata-mouros) e foi considerado padroeiro da Reconquista.

A Reconquista foi o movimento ibérico cristão que teve início no século VIII, visando a recuperação das terras perdidas durante a invasão da península Ibérica pelos muçulmanos.

Atualmente Santiago é o padroeiro da Espanha.

O Caminho de Compostela

Carlos Magno viu a peregrina√ß√£o como mais uma forma de defender suas fronteiras das invas√Ķes √°rabes. Por esse motivo resolveu incentivar a promo√ß√£o da peregrina√ß√£o √† Santiago de Compostela.

Os peregrinos vinham de todos os cantos da Europa Cristã. Usavam principalmente as rotas comerciais mais conhecidas para chegar à Santiago de Compostela.

A rota mais usada tornou-se o mais tradicional Caminho de Santiago, o Caminho Franc√™s. Esta rota tem in√≠cio em Saint-Jean-Pied-de-Port, na Fran√ßa, aos p√©s dos Pirineus, quase na divisa com a Espanha (saiba mais sobre o seu in√≠cio clicando aqui).

Ela passa por importantes cidades espanholas, como Pamplona, Logro√Īo, Burgos, L√©on e Ponferrada, chegando finalmente em Santiago de Compostela.

Come√ßando na Comunidade Aut√īnoma da Navarra, voc√™ caminhar√° por La Rioja, Castela e Le√£o e, finalmente, a Galiza, somando um total de mais de 800 km.

Os Hospitais de Peregrinos

Monarcas de v√°rias regi√Ķes tamb√©m ajudaram a consolidar estas rotas construindo pontes e hospitais de peregrinos. Estes hospitais eram lugares que recebiam e hospedavam os peregrinos, dando-lhes assist√™ncia para continuar a viagem.

A palavra “hospital” vem de de hospes – h√≥spedes

Uma dessas pontes constru√≠das para os peregrinos foi feita sobre o Rio Arga em Puente de La Reina (Ponte da Rainha), com seis arcos. Do√Īa Mayor, esposa do Rei Sancho III, mandou construi-la especialmente para facilitar a travessia dos peregrinos. Tamanha sua import√Ęncia que acabou por dar o nome da cidade.

Onde pesquisar mais sobre o Caminho de Santiago

√Č importante que voc√™ pesquise muito antes de ir e prepare um roteiro,m mesmo que mude tudo depois. Saber as dist√Ęncias, dificuldade dos trechos

Guias do Caminho de Santiago

H√° diversos guias e sites com informa√ß√Ķes de todas as etapas do Caminho de Santiago, como o Guia Consumer, por exemplo. Quem pretende um dia percorrer algum destes trajetos pode us√°-los para informar-se, pois s√£o de f√°cil utiliza√ß√£o.

Nesses guias voc√™ a dist√Ęncia entre as cidades, o perfil de altitude do trajeto, uma lista de albergues, a divis√£o por etapas e v√°rias outras informa√ß√Ķes relevantes para o peregrino.

Aqui no blog você também encontra as etapas do Caminho Francês, com descrição, mapa e altimetria.

Esses guias levam em conta a quilometragem e a dificuldade de cada trecho para fazer a separação por etapas. Essa divisão de etapas varia de guia para guia, alguns distribuindo-as de acordo com o tempo que você tem disponível para percorrer todo o trajeto.

Mas √© bom avisar: voc√™ pode planejar os trechos do seu Caminho de Santiago como bem entender. Saiba que algumas vezes √© interessante “fugir” um pouco do guia e ficar em lugares menores, fazendo suas pr√≥prias etapas.

Uma das vantagens de ser peregrino e carregar a sua mochila é não fica preso a nada, podendo decidir onde vai dormir de acordo com o seu estado físico.

Associa√ß√Ķes de Amigos do Caminho de Santiago

Outra √≥tima fonte de pesquisa s√£o as Associa√ß√Ķes. Existem diversas associa√ß√Ķes de apoio aos peregrinos do Caminho, como a Associa√ß√£o Brasileira dos Amigos do Caminho de Santiago. Elas podem ajudar na sua pesquisa um pouco mais a fundo.

Mais sobre o Caminho de Santiago

Atualmente o Caminho de Santiago de Compostela, principalmente o Caminho Franc√™s, √© percorrido n√£o somente por quest√Ķes espirituais/religiosas, mas tamb√©m por esporte, turismo ou mesmo com fins culturais.

Seja qual for o motivo, o Caminho ensina muitas li√ß√Ķes e sempre provoca alguma mudan√ßa nas pessoas que caminham sobre ele. Algumas destas li√ß√Ķes s√≥ compreenderemos muito tempo depois de voltar da peregrina√ß√£o, outras mais cedo.

Se voc√™ pretende peregrinar at√© Santiago de Compostela, se sente que o Caminho de Santiago est√° “chamando”, n√£o desista nunca deste sonho. Pode demorar um pouquinho, mas um dia voc√™ vai realiz√°-lo!

Busque saber sobre a Credencial do Peregrino, sobre os albergues e as etapas. Enfim, quanto mais informação, melhor!

Perguntas Frequentes

Onde fica o Caminho de Santiago?

As rotas de peregrina√ß√£o √† Santiago de Compostela, conhecidas como Caminho de Santiago, ficam na Europa. A maior parte dos Caminhos de Santiago fica na Espanha, afinal, o destino √© a cidade de Santiago de Compostela, no noroeste deste pa√≠s. Aqui no blog voc√™ encontra mais informa√ß√Ķes a respeito.

Quantos quil√īmetros tem o caminho de Santiago de Compostela?

Se tomarmos como refer√™ncia de partida a cidade de Saint-Jean-Pied-de-Port, na Fran√ßa, o Caminho de Santiago tem oficialmente 775 quil√īmetros, mas medi√ß√Ķes feitas por peregrinos com GPS apontam mais de 815 quil√īmetros.

Por√©m n√£o existe somente um Caminho de Santiago. Al√©m disso, existem diversos pontos de partida. Saiba mais sobre as dist√Ęncias e os Caminhos de Santiago aqui no blog, no artigo sobre a dist√Ęncia do Caminho de Santigo.

Quantos dias leva para fazer o caminho de Santiago de Compostela?

O tempo que leva-se para fazer o Caminho de Santiago varia, dependendo principalmente do seu ponto de partida e da divis√£o das etapas.

Como referência podemos citar o Caminho Francês, iniciando a caminhada na cidade de Saint-Jean-Pied-de-Port. Saindo desse local, a peregrinação a pé leva, em média, de 31 a 35 dias. Mas você pode iniciar em diversos lugares, antes ou depois de Saint-Jean-Pied-de-Port.

Leia aqui no blog sobre as etapas do Caminho Francês e também saiba quantos dias leva para fazer o Caminhos de Santiago com mais detalhes.

Em que país fica o Santiago de Compostela?

A cidade de Santiago de Compostela fica no noroeste da Espanha, na Prov√≠ncia da Corunha, que pertence √† Comunidade Aut√īnoma da Galiza, de onde √© a capital.

A dist√Ęncia entre Santiago de Compostela e Madri √© de aproximadamente 600km.

O que significa a palavra Compostela?

Conta a hist√≥ria que o t√ļmulo do ap√≥stolo Tiago Maior (Santiago) foi descoberto ap√≥s uma chuva de estrelas ser vista por um eremita chamado Pelayo, no monte Lebred√≥n.

Por esse motivo o lugar passou a ser chamado de Campus Stellae (“Campo de Estrelas”). Da√≠ originou-se Compostela.

Fontes:

Leave A Reply

Your email address will not be published.

18 − 15 =