Lendas do Caminho de Santiago – El Paso Honroso3 min read

Mais uma lenda do Caminho de Santiago: a história de Dom Suero de Quiñones e El Paso Honroso. Conta a história que um cavaleiro da região de Léon, Dom Suero de Quiñones, pediu uma audiência com o Rei Juan II de Castela, em 1434. Este era um Ano Jacobeo (também conhecido como Ano Santo). Nesta audiência ele pediu permissão ao rei para fazer um torneio especial.

A Proposta do Torneio

Justas em Hospital de Órbigo, homenageando a história de Suero de Quiñones e El Paso Honroso

Justas em Hospital de Órbigo

A ponte sobre o Rio Órbigo, em Hospital de Órbigo seria o lugar escolhido para sua realização. A proposta do torneio era a seguinte: todos os cavaleiros que passassem por lá seriam obrigados a participar de uma justa (torneio medieval). Quem não quisesse deveria deixar uma luva em, sinal de covardia, e atravessar o rio Órbigo sem usar a ponte. Importante salientar que esta ponte ficava (e ainda fica) no Caminho de Santiago.

Don Suero levaria preso ao seu pescoço um anel de metal como prova de amor à sua amada, Doña Leonor de Tovar. O objetivo deste torneio, que duraria um mês, era se livrar deste anel peregrinando até Santiago de Compostela, depois de vencer todos os cavaleiros que participassem das justas e de ter quebrado pelo menos 300 lanças, a uma proporção de 3 por cavaleiro.

El Paso Honroso, em Hospital de Órbigo

O Rei lhe deu a permissão e convidou os melhores cavaleiros do reino a passarem por Hospital de Órbigo. O torneio, que ficou conhecido como El Paso Honroso, começou então em 10 de julho de 1434. Terminou somente no dia 9 de agosto do mesmo ano, quando Don Suero de Quiñones foi ferido. Conta-se que durante o torneio apenas um cavaleiro perdeu a vida. Ele foi atingido no olho por uma lança, que atravessou seu cérebro.

Justas em Hospital de Órbigo, homenageando a história de Suero de Quiñones e El Paso Honroso

Cavaleiros disputando uma justa, em Hospital de Órbigo

Ao fim do torneio, Don Suero e seus amigos se dirigiram à Santiago de Compostela para cumprir a promessa feita. Lá ele depositou o anel e a cinta azul, os símbolos de seu amor por Doña Leonor.

Dom Suero de Quiñones em Dom Quixote de la Mancha

Esta história é tão famosa que é citada no livro Dom Quixote de la Mancha, de Miguel de Cervantes: “… Digam que foram mentiras as justas de Suero de Quiñones, o do Passo, as empresas de mossém Luís de Falces contra D. Gonçalo de Guzman, cavaleiro castelhano, e outras muitas façanhas praticadas por cavaleiros cristãos, destes reinos e dos estrangeiros, tão autênticas e verdadeiras que, quem as negasse, careceria de razão e de bom discorrer”.

Anúncio
Anúncio

As Justa em Hospital de Órbigo, Atualmente

Festa em homenagem a El Paso Honroso

Festa em homenagem a El Paso Honroso

Atualmente, Hospital de Órbigo celebra suas justas medievais todo primeiro fim de semana de junho, como atração turística. Esta é uma homenagem à façanha de Don Suero de Quiñonese. Esta festa foi declarada Festa de Interesse Turístico Regional. Dela participam milhares de damas, cavaleiros, mercadores, camponeses, reis, bruxas, bobos da corte, monges e taberneiros. Todos vestidos com seus melhores trajes medievais.

______________________________________________

Fonte: https://es.wikipedia.org/wiki/Paso_honroso

Print Friendly, PDF & Email
Gostou do artigo? Compartilhe!

Deixe um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Gostou deste artigo?
Mantenha-se atualizado!

Inscreva-se em nossa lista para receber novos artigos e novidades exclusivas para você!

Obrigado por inscrever-se!

Xiii... algo deu errado!