Caminho de Santiago: 11ª Etapa – Belorado a Atapuerca

5 704

Neste dia você terá que tomar uma decisão. Poderá ir de Belorado a Atapuerca, deixando cerca de 20 quilômetros o dia seguinte ou irá até San Juan de Ortega, e restarão 25 quilômetros até Burgos. Estou levando em consideração que você ficará em Burgos, mas como eu já disse, as etapas são apenas sugestões. Você pode ficar onde quiser, dividir as etapas como ficar mais conveniente para você. Mas neste caso específico recomendo ficar em Burgos (falarei disto na etapa 13).

A caminhada é tranquila até Villafranca Montes de Oca e no último terço do trecho. O Caminho passa por alguns pueblos bem pequenos, um menor que o outro, e todos separados por uma pequena distância. Depois de Villafranca Montes de Oca serão aproximadamente 12 quilômetros até a próxima aldeia, San Juan de Ortega. Deste ponto faltarão 3,8 quilômetros aproximadamente até Agés e mais 2,2 quilômetros até Atapuerca. O problema maior é que entre Villafranca Montes de Oca e San Juan de Ortega o relevo judia bastante do peregrino.

De Belorado a Villafranca Montes de Oca

O trecho entre Belorado e Villafranca Montes de Oca não apresenta muita dificuldade. Pensando bem, não apresenta dificuldade. O relevo é pouco acidentado, as subidas não são tão íngremes e, como o peregrino deve sair cedo, o sol não vai atrapalhar. Se estiver chovendo, o piso não é ruim. E a maior parte deste trecho é fora do asfalto ou de calçadas. Digo, se não mudaram nada, pois tem prefeituras “ajudando” os peregrinos construindo calçadas.

No km 1,1 você cruzará a rodovia N-120 mais uma vez. Muito cuidado, como sempre!  Um pouco mais para a frente, no km 1,6 o Caminho passa por trás de um posto de gasolina (gasolinera) e em seguida, no km 1,8, cruzará uma pequena estrada. Esta estrada acaba numa rotatória e você passa rente a ela.

Ermita de Nustra Señora de la Peña, em Tosantos

Ermita de Nuestra Señora de la Peña em Tosantos, cerca de 700 metros fora do Caminho de Santiago.
Ermita de Nuestra Señora de la Peña em Tosantos, foi construída incrustada na pedra.

O primeiro pueblo que você vai encontrar é Tosantos, no km 4,65. Dali verá a Ermita de Nuestra Señora de la Peña. Esta capela, muito bonita, foi construída incrustada na pedra. Fica a uns 700 metros do Caminho de Santiago. Nunca fui até lá, pois esta etapa é bem grande, não é bom deixa-la maior. Mas, caso fique em Tosantos, aproveite a oportunidade!

Apenas 1,9 quilômetros separam Tosantos de Villambistia. Na saída da primeira terá uma pequena subida, nada demais. Logo na entrada de Villambistia terá, à direita, a igreja de San Esteban, construída no século XVII. 

Publicidade
5 Comments
  1. Laura Macêdo says

    Olá, seus posts são ótimos, esclarecedores. Estou aprendendo muito e me deram maior motivação. Gratidão. Farei o caminho, sozinha, em set-17 e comecei a preparar a viagem agora. Você publicará as demais etapas, partir da 12a.?

    1. Claudio Bittencourt Pacheco says

      Oi Laura!

      Obrigado, suas palavras ajudam a deixar-me motivado a continuar escrevendo os textos. Sempre que tiver alguma dúvida, pode escrever que procuro ajudar.
      Vou escrever sobre as outras etapas sim. Infelizmente não tenho tido muito tempo, e cada texto exige bastante. A 12ª etapa – Atapuerca a Burgos – está “no forno”! Estão faltando alguns detalhes apenas. Devo publicar nesta semana ainda. Fique de olho! 🙂

      Um abraço e buen Camino!

  2. Esio Pezzato says

    Oi Cláudio, terminei de fazer pela terceira vez meu Penúltimo Camino, e foi agorinha mesmo, entre os dias 22 de agosto a 22 de setembro. Esse trecho fiz igual a vc desta vez e foi muito legal. Da primeira vez fiz de Viloria de Rioja até Ortega e a segunda vez, um massacre, de Granon até Ortega… loucura. Desta vez fiz de Santo Domingo a Belorado e daí até Agés. que voi oitmo. Melhor melhor foi estar e participar das festas de Santas Gracias, em Belorado, dia 1 de setembro. Ate andor de Nossa Senhora tive o privilégio de carregar… em 2020 farei pela 4a vez meu penúltimo caminho e até lá verei como vou dividir as etapasa para ficar em lugares diferentes. mas vai dar saudade… isso vai…

    1. Claudio Bittencourt Pacheco says

      Olá Esio!

      Que honra ter um comentário seu no meu blog! 🙂
      É incrível como o Caminho começa a fazer parte da gente, tanto que mesmo quando pensamos que não faremos mais já começamos a planejar o próximo, não é mesmo?
      O Caminho sempre nos dá o que merecemos, por isso você pôde carregar o andor! 🙂
      Parabéns pelo seu terceiro Penúltimo Caminho! Se um dia quiser escrever um relato, terei prazer em publicar aqui no blog!

      Um abração!

      Claudio

  3. esio poeta says

    Oi Cláudio, eu sou relapso. não sou de vir aqui tanto assim, Mas se quer mesmo saber, sou poeta e cronista e sobre Compostela já fiz muitas crônicas e as publico na Gazeta de Piracicaba. Domingo agora, dia 07, por acaso irá sair uma denominada…. Samos… aquele lugar mágico para quem foge de Sao Xil. eu já fiquei lá duas vezes… essa antepenúltima vez foi muito legal… em 2020 mudarei muuto as paradas, mas como fugir de Samos? de Belorado, de tantas cidades lindas? oprecisaria fazer o caminho em 80 dias nao é mesmo. mas vou fazer novamente em 32… voltarei aqui. me escreava. [email protected]

Leave A Reply

Your email address will not be published.

19 + 7 =